Mensagens

1a. Mensagem CEC / abril 2017 Aproveitando a vitalidade para fazer a obra de Deus Eclesiastes 12.1

Mens_CEC1_abr_17.pdf (586 downloads) Mens_CEC1_abr_17.png (298 downloads)

Vemos na vida de muitas pessoas a preocupação em não mostrar que a idade está avançando. E você, já se utilizou de algum meio para evitar esta aparência? O que vem à sua mente quando reflete na velocidade em que o tempo tem passado?

I. Sabemos que este processo está acontecendo com cada um de nós. Disso estamos conscientes, mas, o importante é o que vamos fazer antes que apareçam os sinais típicos:

  1. Do enfraquecimento da visão (Ec 12.2).
  2. Das enfermidades que vão acometendo o corpo, prejudicando o ato de servir a Deus (Ec 12.3-6).
  3. Antes que a nossa vida chegue ao fim (Ec 12.7; Lucas 12.13-21).

II. Onde estamos aplicando nossa vitalidade, define o que fazemos.

  1. A maioria das pessoas desfrutam de sua vitalidade da maneira que querem, de qualquer jeito, sem regras nem medidas, diferente do que a Bíblia nos orienta (I Co 6.12).
  2. Alguns gastam tempo em frente ao computador, celular e TV, vendo ou acessando conteúdos que não edificam, e que são considerados lixo para o cristão.
  3. Outros fazem uma boa distribuição de sua vitalidade:
    • Dedicando-se a Deus e a Sua obra (Mateus 6.33).
    • Cuidando de si (2 Pedro 3.18).
    • Com o seu cônjuge
    • Com os seus familiares e amigos
    • Com o inesperado (Mateus 9.18-26).
    • Na célula
    • No trabalho
    • No discipulado

O Senhor não nos abandona em nenhuma etapa da nossa vida. Deus está com aqueles que o temem até a sua velhice: “Mesmo na sua velhice, quando tiverem cabelos brancos, sou eu aquele, aquele que os susterá. Eu os fiz e eu os levarei; eu os susterei e eu os salvarei” (Isaías 46.4; Mateus 28.20). Por isso temos a responsabilidade de aproveitar o tempo em que temos vitalidade para fazer a Sua obra.

 

 

Deixe seu comentário