Mensagens

1ª. Mensagem da CEC / Junho de 2018 O que você espera desse mundo?

CEC1_jun_18 (509 downloads) CEC1_jun_18 (396 downloads)

Quantos de nós já disse alguma vez: “No meu tempo, dormíamos com as janelas abertas”. Com o aumento da violência, esse é um luxo que não podemos mais ter e, a cada dia que passa, andar na rua torna-se uma aventura. Em razão disso ficamos mais aprisionados dentro de nossas casas, com a incerteza de estarmos seguros. Os problemas não acontecem somente próximo a nós, mas no mundo, se noticiam guerras, pestes, fome, corrupção generalizada, mudanças climáticas, aumento da temperatura da terra, inundações, desemprego, gerando um futuro incerto para nós e para nossos filhos. A mudança nos valores das crianças, adolescentes, jovens, e dos adultos, que deixaram o modo natural de viver para seguirem as definições deste mundo (2 Timóteo 3.1-5).

“…nos últimos diassobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus; Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. …” (2 Timóteo 3.1-5). Essas são as características desta geração.

O mundo não tem perspectiva de melhorar, pois esses acontecimentos estão registrados na Bíblia Sagrada como eventos indicativos da proximidade do arrebatamento da igreja e do início da grande tribulação.

Diante de tais verdades, fica a pergunta: como será o seu futuro?

Só existem duas respostas, e elas estão sujeitas a quem vamos confiar o nosso amanhã: a nós mesmos ou a Deus?

Se confiarmos e vivermos confiando em nós mesmos:

  1. Viveremos como se Deus não existisse.
  2. Planejaremos e viveremos nossa vida como se o mundo nunca fosse ter fim.
  3. Sofreremos as consequências, presente e futura, de nossa decisão.

Se a confiarmos a Deus:

  1. Viveremos como se Jesus viesse a qualquer momento.
  2. Estaremos sempre preparados, reconhecendo que, em última análise, é Deus, e não o homem, quem controla o futuro.
  3. Seguiremos a orientação bíblica em ter cuidado com a maneira como vivemos; para não sermos insensatos, mas como sábios, aproveitando, ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus” (Ef 5.15-16).
  4. Seremos arrebatados (1 Tessalonicenses 4.13-18)
  5. Os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares.
  6. Estaremos para sempre com o Senhor.

Vivemos em tempos difíceis, porém, sabemos que depende de cada um, individualmente, o futuro que lhe apraz. Viveremos para Deus, tendo a plena convicção que este tempo passará, e que desfrutaremos de uma eternidade com paz, ou viveremos para nós mesmos, tendo a plena consciência de que a consequência será o sofrimento que sequer imaginamos aqui, e que será eterno.

Então, que futuro você escolherá para si?

1 comentário

  • Heleni disse:

    Glória a Deus !!!!!

    Mensagem maravilhosa, os fatos são claros nos dias de hoje, eu quero um futuro com Cristo e desejo o mesmo á toda minha família,amigos e conhecidos.

Deixe seu comentário