Mensagens

1ª Mensagem da CEC/Janeiro de 2018 Sendo próspero em 2018

Mens_CEC1_jan_18.pdf (450 downloads) Mens_CEC1_jan_18.png (286 downloads)

A passagem do ano é sempre um momento especial de avaliação de nossas vidas e planos para os dias que virão. É nesse momento que em oração nos colocamos diante do Senhor para pedir por nós, família, igreja, célula, discípulo, unção, emprego, entre outras coisas. Possivelmente, um dos pedidos mais populares é “melhorar a condição financeira, progredir, crescer, desenvolver-se; enriquecer”, ter prosperidade.

Será que o receber o que pedimos depende apenas de nossas orações a Deus, ou também depende de nossas atitudes?

1.     Devemos buscar suprir as nossas necessidades, mas nossa felicidade não pode estar em coisas perecíveis, justamente porque elas perecem, acabam e, com isso, nossa felicidade também acaba. Nossa felicidade deve estar em algo imperecível, eterno, que é Deus.

·       Jim Carrey, ator hollywoodiano, disse certa vez em um discurso:

“Eu sempre disse que gostaria que as pessoas pudessem realizar todos os seus sonhos de riqueza e fama para que eles pudessem ver que esse não é o lugar onde eles vão encontrar o sentido da vida”.

·       Por vezes, desejamos bobagens, ou coisas que nos destruirão no futuro se forem concedidas. Deus sabe disso, por isso não nos dá sempre o que queremos.

C. S. Lewis uma vez disse: “Se Deus tivesse respondido todas as orações tolas que fiz em minha vida, onde eu estaria agora?”

O que a Bíblia diz sobre prosperidade

1.     Nossa integridade e fidelidade como servo de Deus, nos faz prosperar independente de lugar ou pessoa (Gênesis 39.2-3;23).

2.     Cumprir sua vontade nos faz prosperar (Dt 28.11; 29.9; 30.8-9).

3.     Quando entendemos que a contribuição financeira tem a ver com reconhecimento da soberania e fé em Deus, quando somos fiéis nos dízimos temos a promessa de bênção tal que resulte em maior abastança, e a repreensão do devorador (Malaquias 3.10-12).

A orientação bíblica para nós é deleitar-se ou agradar-se do Senhor (Salmo 37.1-5)

1.     Devemos aprender a ter prazer em Deus, nos alegrar Nele, e com Ele. Desejá-lo ardentemente, ansiar por Sua presença, buscando de todo coração, fazer Sua obra.

2.     Se o nosso coração deseja, acima de tudo, a presença de Deus, Deus satisfará o desejo do nosso coração, pois o que desejamos é Ele mesmo! Deus promete satisfazer o desejo de todo coração que deseja Ele mesmo.

3.     Devemos entregar ao Senhor tudo o que temos e somos, então Ele cuidará daquilo que não está ao nosso alcance, que não nos compete decidir ou fazer.

Que em 2018, nosso compromisso seja de reservar no mínimo 30 minutos para buscar sua presença em oração e adoração, ler e meditar em 5 capítulos da Bíblia por dia, evangelizar e cuidar de desse novo irmã (o).

Nossa agenda 2018

1.     Impacto evangelístico no carnaval – 09 a 13 de fevereiro

2.     Estratégia de conquista da pessoa de nosso relacionamento (OIKOS) – março, abril e maio

3.     Congresso de Células

·       Dia 23 de março – Professores da Escola de Líderes

·       Dia 24 – Congresso de Células

4 comentários

Deixe seu comentário