Mensagens

  1ª. Mensagem da CEC/Março de 2020 Da opressão à liberdade em Cristo, Marcos 5.1-20

Mens_CEC1_mar_20_Pdf (615 downloads) Mens_CEC1_mar_20_WhatsApp (460 downloads)
A Bíblia relata a história de um certo homem gadareno: era um homem com um histórico extremamente pessimista, à beira da morte, possesso pelas mais baixas castas malignas, levado à uma situação de completa miséria. Suas atitudes eram determinadas pelos espíritos imundos que estavam dentro dele:

1.     Faziam com que ele fosse extremamente antissocial, levando-o a viver longe da família, das outras pessoas e morar em túmulos;
2.     Perdeu o amor próprio e não tinha mais controle sobre sua sanidade, feria-se, e não podia ser contido nem preso por correntes, pois as fazia em pedaços.
3.     Os demônios roubaram sua liberdade, dignidade, paz, e destruíram sua moral, levando-o a viver nu.

O povo daquele lugar considerava que não existia mais solução para aquele homem. Porém, Jesus foi e libertou o gadareno, que voltou a ter dignidade e vida social imediatamente (Marco 5.15).

O que Jesus quer nos mostrar com esse relato?

1.     As pessoas que não têm Jesus como Salvador e Senhor das suas vidas estão sujeitas à ação do Diabo;
2.     A vontade do Diabo é destruir vidas e levá-las de alguma maneira a terem uma vida miserável;
3.     Não importa o que as pessoas acham da situação nem a sentença que as pessoas tenham dado; importa como Jesus vê aquele que está oprimido;
4.     Não importa como a pessoa se encontra no presente momento (talvez num beco sem saída, no fundo do poço), importa que tenha um encontro com Jesus;
5.     Não há pior quadro que Jesus não possa transformar;
6.     Outras pessoas distantes de Deus também precisam conhecer o agir de Deus por meio do testemunho de libertação (Marcos 5.18-20);
7.     Assim como Jesus, o cristão precisa ver-se como um instrumento na libertação de vidas.

Deixe seu comentário