Mensagens

3ª. Mensagem da CEC/março de 2020 Da frustração ao milagre, Lucas 5.1-11

Mens_CEC3_mar_20_Pdf (369 downloads) Mens_CEC3_mar_20_WhatsApp (266 downloads)
Você já passou por um momento na vida em que fez tudo da maneira como deveria ser, contudo as coisas não aconteceram como planejou?

Foi isso que aconteceu com aquele grupo de pescadores experientes. Eles ficaram frustrado por uma noite inteira de trabalho malsucedido. As experiências que tinham de nada adiantaram na pescaria. Retornaram de mãos vazias, cansados, com sono e tristes.

1.     Diante das frustrações, vem a mente de muitos, o desejo de largar e de desistir de tudo. Porém, esses pescadores sabiam que era preciso estar pronto para novas oportunidades, para novos trabalhos, para portas que Deus poderia abrir para eles. Se as redes estivessem sujas, furadas ou com outras avarias, como poderiam pescar novamente? Que resultado obteriam?

2.     As frustrações da vida podem impedir que ouçamos a voz de Deus. podem nos levar a perder o controle e a darmos ouvido ao nosso coração carnal. Pedro, felizmente O ouviu, pois estava atento: “… disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar” (Lucas 5.4). Mesmo estando frustrado, por nada ter pescado a noite toda, mesmo sendo um exímio pescador. Ele venceu em seu coração as objeções e lançou as redes novamente com fé, e teve um resultado impressionante, que jamais imaginou que teria.

3.     Pedro sabia que Jesus tem o controle sobre todas as coisas. Pedro tinha controle sobre o barco, sobre a rede, mas quem tem poder sobre o mar e sobre os peixes é Jesus. “…e lançai as vossas redes para pescar” (v.4).

4.     Obediência gera milagres. “E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede” (v.5). Em um século onde a obediência, para muitos, é coisa do passado, Pedro nos transmite uma grande lição: mesmo sendo um mestre da pescaria, ele foi humilde e obedeceu a Palavra de Jesus. Por isso necessitamos quebrar o nosso orgulho e aprender a obedecer para desfrutarmos do milagre.

5.     Quando somos obedientes, somos abençoados e abençoamos outros. “E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompias-lhes a rede. E fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco, para que os fossem ajudar. E foram, e encheram ambos os barcos, de maneira tal que quase iam a pique” (Vv. 5 e 7).
O milagre foi tão grande, que não somente eles foram abençoados, mas aqueles que estavam ao seu redor também o foram.

O que você pode aplicar a sua vida?

PROGRAMAÇÃO DO CONGRESSO DE CÉLULAS
Manhã – 9 as 12hs
Público Alvo: Pastores, Dirigentes, Diretores e Professores da Escola de Líderes

Tarde – 14 as 20hs
Público Alvo: Líderes em geral

1 comentário

  • Raian Mesquita disse:

    Mensagem edificante, trazendo para nós exemplos de humildade e obediência, servindo para nos lembrar quê, usando essas duas ferramentas, podemos ser abençoados e abençoadores.

    Que Deus abençoe as vidas e ministérios dos irmãos!

Deixe seu comentário