Mensagens

4a. Mensagem da CEC / fevereiro de 2018 Contribuição financeira, Gênesis 14.17-20

Mens_CEC4_fev_18.pdf (492 downloads) Mens_CEC4_fev_18.png (309 downloads)

Qual é a parte do seu corpo onde dói mais, que tira você do sério?

Para muitos, a parte que mais dói no corpo é o bolso. Por isso, tratar de contribuição financeira é algo que muitos não gostam e outros não aceitam.

Quando as pessoas fazem suas contribuições financeiras na igreja o fazem por vários motivos:

1.    Esperam que as bênçãos sejam derramadas sobre eles e que se tornem prósperos;

2.    Por terem medo de serem amaldiçoados e perderem o que já tem;

3.    Por medo do devorador;

4.    Por reconhecimento e honra da soberania de Deus.

5.    Por gratidão e alegria

 

O que diz a palavra de Deus sobre os que contribuem:

1.    Aquele que semeia pouco, colhe pouco, e o que semeia com fartura, colhe com abundância (2 Co 9.6-11).

2.    Não suprem apenas as necessidades dos santos, mas transbordam em muitas ações de graças a Deus.

3.    Que não seja feita com tristeza ou constrangimento. Abraão não tinha nenhuma lei escrita que definisse que ele deveria dar o dízimo, mas sua motivação foi reconhecimento da soberania de Deus, reconheceu que a vitória obtida na batalha foi devido a ação de Deus, e o honrou dando o dízimo (Genesis 14.17-20).

4.    Malaquias 3.11, Deus promete bênçãos sem medida e proteção contra o devorador.

 

O que a Bíblia nos ensina sobre as contribuições financeiras

1.    Deve complementar as atitudes cristã (Mateus 23.23).

2.    Contribuir deve ser um ato de alegria e não um peso (2 Coríntios 9.7).

3.    Desapego às coisas materiais (Colossenses 3.1). O desejo de Jesus, portanto, era que os homens tivessem os corações desprendidos das coisas materiais (Lc 9.57-62).

4.    Fé, pois quem contribui, crê que terá a ação de Deus sobre os 90%.

5.    Gratidão, por Deus ter proporcionado os resultados financeiros.

6.    É uma prática que procede de um coração sincero, com o desejo de servi-lo.

7.     A contribuição o torna parte do milagre: salvação aqui e em missões.

 

A contribuição não estar baseada no que vamos receber por contribuirmos, mas no que já recebemos, sendo uma demonstração de reconhecimento e gratidão a Deus.

 

·       Março, abril e maio – Estratégia de Conquista da pessoa do nosso relacionamento, OIKOS

·       Congresso de Células – Auditório Canaã

o    23 de março – Diretores e Professores da Escola de Líderes.

o    24 de março – Todos

INSCRIÇÕES ABERTAS

1 comentário

Deixe seu comentário