Mensagens

4ª. Mensagem da CEC / Janeiro de 2020 Somos parte da multiplicação, Mateus 14.14-19

Mens_CEC4_jan_20 (429 downloads) Mens_CEC4_jan_20 (272 downloads)
A multiplicação dos cinco pães e dois peixinhos nos mostra o quanto somos parte dos milagres efetuados por Deus. Por outro lado, nos faz perceber os erros que podemos cometer ao não aceitarmos os desafios colocados por Deus.

Esses erros geralmente são repetidos nas seguintes ocasiões:
1.     Quando dizemos ao Senhor o que fazer. Ao ter esse tipo de atitude rejeitamos a oportunidade das pessoas se libertarem de um problema que as fez se sentir impotentes (v. 15).
2.     Quando limitamos a orientação do Senhor com o argumento de falta de recursos para responder à demanda (vv. 16, 17).
3.     Quando somos pessimistas ao que Deus pode realizar. Eles olham para a matéria-prima do milagre (cinco pães de cevada e dois peixinhos), mas o pessimismo não lhe permite enxergar a multiplicação (v. 17).
4.     Quando descartamos o que temos por considerar de pouco valor. Não sabemos que a coragem não está nas coisas, mas nas pessoas que se entregam ao Senhor (vv. 18, 19).
a.     As vezes não conseguimos perceber o que Deus colocou em nossas mãos e sua importância para o milagre que Ele que realizar.
Assim como a “pequena” oferta daquele menino, sua oferta ou dízimo tem feito a igreja se expandir com missões transculturais em muitos países, multiplicando o alcance e avanço da obra no interior do Estado, em comunicações e demais áreas. Somos parte da multiplicação.
b.     Deus quer realizar o grande milagre da multiplicação. As vezes só queremos multiplicar pão, mas não queremos ser utilizado para multiplicar as células, nem igrejas, nem congregações.
c.     Somos agentes de milagres também através de uma liderança de célula, do discipulado de um novo irmão. Deus não quer ouvir nossa posição, nem nosso ponto de vista, nem os “não” que podemos dar. Ele que realizar o milagre.

O que nos faz aceitarmos o desafio dado pelo Senhor?
A fé. A fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos.
·      A pessoa com fé em Deus tem o seu foco na possibilidade e não na impossibilidade. A exemplo temos o patriarca Abraão que trilhou sua vida baseado no que Deus prometeu a ele mesmo sendo sua esposa estéril e avançada em idade.

Como instrumentos do Senhor, nunca devemos impedir que ele se projete como uma grande bênção para os necessitados.

Estrutura Administrativa da Célula
1.     Recepção/Bem vindo              …………  (3 minutos)
2.     Oração inicial                          …………  (4 minutos)
3.     Testemunhos de vitória          …………  (6 minutos)
4.     Louvor e adoração                  …………  (8 minutos)
5.     Ministração da palavra             …………  (20 minutos)
6.     Ministrando um ao outro        …………  (5 minutos)
7.     Oferta (quanto autorizado pelo pastor)(3 minutos)
8.     Evangelismo e Estratégia         …………  (7 minutos)
9.     Oração final                            …………  (4 minutos)

3 comentários

Deixe seu comentário