Mensagens

5ª. Mensagem CEC / Janeiro de 2018  A pergunta mais importante da vida, Lc 12.20

Mens_CEC5_jan_18.pdf (399 downloads) Mens_CEC5_jan_18.png (198 downloads)

Se fosses morrer hoje, e o Senhor te perguntasse, por que devo deixar-te entrar no meu céu? O que você diria?

Compreendendo o que é a morte

  1. A morte é uma realidade que não pode ser negada. Embora ela seja real, não faz parte da natureza humana, mas é resultado do pecado. Quando Deus criou o homem, não o fez para envelhecer, adoecer ou morrer, entretanto este homem optou por se afastar do criador, escolheu o caminho do pecado e da desobediência; e, consequentemente o caminho da morte.
  2. A morte penetrou no mundo por causa do pecado. Nossos primeiros pais, Adão e Eva foram criados capazes de viverem para sempre. Ao desobedecerem ao mandamento de Deus, tomaram-se sujeitos à penalidade do pecado (Rm 5.12).
    • A morte física é o processo irreversível de cessamento das atividades biológicas necessárias à caracterização e manutenção da vida e começa com a morte espiritual.
    • O corpo é afetado pelo pecado e não pode durar para sempre, porque está corrompido. Essa morte física, que é o resultado da morte espiritual.
  3. Assim como um homem é declarado morto no momento que deixa de reagir a todas as formas de estímulos, o homem caído também é declarado espiritualmente morto por causa de sua incapacidade absoluta de reagir a Deus.
    • As Escrituras nos ensinam que este aspecto do julgamento divino que recaiu sobre Adão não estava limitado apenas a ele, mas inclui toda a raça humana. Cada ser humano nasce neste mundo sem qualquer vida espiritual verdadeira para com Deus e insensível à pessoa e à vontade de Deus. O homem somente pode reagir a Deus em amor e obediência, através da obra sobrenatural da graça e do poder de Deus (Efésios 2.1-3).
  4. A segunda morte também é uma realidade e acontecerá no Juízo Final, quando todos os que não são salvos serão lançados no lago de fogo, junto com o diabo e seus servos. A segunda morte é o castigo eterno (Apocalipse 20.14-15).

Decidindo pela vida eterna a partir daqui

  1. A única maneira de o ser humano escapar da morte em todos os seus aspectos é através de Jesus Cristo (2 Tm 1.10).
    • Ele, mediante a sua morte, reconciliou-nos com Deus, e, assim, desfez a separação e alienação espirituais resultantes do pecado (Gênesis 3.24; 2 Coríntios 5.18).

O destino futuro de cada um vai depender da escolha que fizer enquanto estiver com vida.

Qual a sua escolha?

 

 

 

 

 

1 comentário

Deixe seu comentário