Mensagens

2ª. Mensagem da CEC / fevereiro de 2021 A confiança exagerada, Provérbios 28.26

Mens_CEC2_fev_21_Pdf (143 downloads) Mens_CEC2_fev_21_WhatsApp (98 downloads)

A autoconfiança é essencial para realizarmos as nossas atividades diárias e, principalmente, para conseguir-mos realizar novas atividades as quais não estamos acostumados. A confiança em si mesmo é algo bom, pois quem duvida de sua capacidade de alcançar seus objetivos dificilmente assume a devida atitude de esforço e determinação que, contribui no enfretamento de obstáculos. A falta de autoconfiança, bem como, acredita-mos demasiadamente em nosso potencial é um grande problema, já que, ambas atitudes têm sido o motivo pelo qual muitas pessoas e povos a perderam importantes batalhas.
A pessoa cuja autoconfiança é demasiada, baseia-se no uso da lógica, das impressões e palpites pessoais, po-dendo ser levada a tomar decisões aparentemente boas, mas que, no final, resultarão na sua ruína – “Há ca-minhos que ao ser humano parecem ser as melhores opções de vida, mas ao final conduzem à morte” (Pv 14.12).

A Bíblia Sagrada afirma que: confiar exageradamente em si mesmo é um sinal da falta de juízo, ponderação e bom senso – “Quem confia apenas em si mesmo é insensato…” (Pv 28.26). Vejamos alguns exemplos:

1. Josué fez aliança com os gibeonitas de poupar-lhes a vida, contudo, sem consultar a Deus. Desta for-ma ficou preso por uma aliança que jamais deveria ter feito e sofreu sem poder tirar o jugo de sobre si e do seu povo.
2. Sansão, um homem muito forte, demostrou uma autoconfiança exagerada ao confiar demasiadamente em sua força e foi vencido por Dalila, uma mulher prostituta. A autoconfiança exagerada pode nos im-pedir de viver uma vida cristã vitoriosa.
3. Quando Jesus comunicou a Pedro que Satanás pretendia atingi-lo, Pedro respondeu que estava firme e forte para enfrentar qualquer situação. Pedro subestimou a ação do inimigo e superestimou a si mes-mo. Ele pôs exagerada confiança no seu próprio “eu”, e aí começou sua derrota (Lucas 22.54-61).

As vezes agimos como Josué e os líderes de Israel usando a lógica e avaliação pessoal, sem consultamos a Deus, caímos nas ciladas do inimigo; outras pessoas, como Sansão, creem que estão imunes a qualquer tenta-ção ou sedução do pecado e deixam-se levar pelo “vírus” da autoconfiança. Acreditam piamente que são for-tes o suficiente e extremamente capazes para manter “tudo sob controle”; e outras como Pedro, põem con-fiança exagerada em si próprio, indo contra o alerta de Deus.

O escritor de Provérbios nos diz que “quem anda segundo a sabedoria não corre perigo”. Com isso, ele en-sina que o homem não pode confiar apenas em seus julgamentos pessoais e em seus impulsos, mas deve se deixar guiar pela sabedoria de Deus.

Isso não é o mesmo que duvidar de sua própria capacidade de agir e de alcançar seus objetivos. O ensino é que se deve confiar em Deus e nas suas instruções mais do que nas impressões e palpites pessoais.

PROCEDIMENTOS PARA AS REUNIÕES DE CÉLULAS

  1. Incentive os membros da sua célula a continuar realizando a célula familiar.
  2. Mantenha contato com os membros da sua célula durante a semana através do telefone ou redes sociais visando o encontro da célula.
  3. Programe com os líderes em treinamento o desenvolvimento e participação na célula. Ore com eles.
  4. Na hora da mensagem não pregue, compartilhe com todos, faça perguntas, envolva todos. Quando as pessoas participam, elas retornam para a próxima reunião.
  5. Inicie a reunião no horário.
  6. Recepção/Bem-vindo …………  (3 minutos)
  7. Oração inicial …………  (4 minutos)
  8. Testemunhos de vitória …………  (6 minutos)
  9. Louvor e adoração …………  (8 minutos)
  10. Ministração da palavra …………  (21 minutos)
  11. Que lições podemos extrair para nós? ……….  (7 minutos)
  12. Evangelismo e Estratégia …………  (7 minutos)
  13. Oração final …………  (4 minutos)

Orientações de combate ao covid19: 1. Higienize suas mãos com álcool em gel ou água e sabão; 2. Leve consigo um pequeno frasco de álcool em gel para uso pessoal; 3. É obrigatório o uso de máscara. 4. Enquanto estiver usando máscara, não toque na parte da frente, utilize as alças para ajustá-las; 5. Mantenha o distanciamento entre as pessoas; 6. Evite apertos de mão, abraços, beijos e manusear objetos de outras pessoas sem a devida higienização.

Deixe seu comentário