Mensagens

  5ª. Mensagem da CEC / julho de 2020 Vivendo conforme o chamado, 1 Coríntios 7.17-24

Mens_CEC5_jul_20-1 (139 downloads) Mens_Cec5_jul_20._WhatsApp (108 downloads)

Alguns cristãos ainda não compreendem como a fé em Cristo deve afetar os hábitos comuns da vida humana, ou melhor, têm dúvidas sobre como agir diante de certas ideias e práticas, inclusive seguidas por outros cristãos. Os cristãos de Corinto estavam vivendo esse problema ao ter entre eles aqueles que queriam incluir certos procedimentos judaicos como necessários à conversão a Cristo.

A resposta do apóstolo Paulo mostra que:
1.    Não precisamos nos tornar judeus para sermos de Jesus (vs 17 a 19);
2.    Nossas atitudes devem levar em conta se estamos ou não pecando contra Deus;
3.    A obediência aos mandamentos de Deus é muito mais importante do que quaisquer distinções culturais; a mera mudança dessas distinções não deveria ser de importância alguma para o cristão. Ou seja, não importa se a pessoa é ou não circuncidada, rica ou pobre, culta ou leiga etc; antes, importa que o seu propósito seja obedecer a Deus (v 19);
4.    As mudanças externas não são necessariamente o que Deus espera de nós. A transformação bíblica que Deus deseja ocorre essencialmente no interior, na mente, na alma, no espírito, provocando, a partir daí, as mudanças visíveis necessárias nos hábitos, costumes, atitudes etc. (Tito 3.5; 1 Pedro 1.2,14,16);
5.    Os que aceitaram a Jesus Cristo como Salvador e Senhor, sendo escravos ou livres, judeus ou gentios, homens ou mulheres, ricos ou pobres, foram todos igualmente eleitos e chamados no Senhor e estão na mesma situação diante dEle (vs 19 a 23).

O QUE MUDOU NA SUA VIDA APÓS ACEITAR JESUS COMO SALVADOR?

2 comentários

  • Petronilia oliveira de Lima disse:

    Jesus me ensinou à anos atrás aprendê mais amá ao próximo, sabê pedir perdão, sé mais solidário com tudo ao meu redor.. Jesus é meu tudoooo

  • Petronilia oliveira de Lima disse:

    Até hj sou muito feliz tenho muito amor, carinho, solidariedade com meus irmãos não importá quem seja falo todos glória a Deus.

Deixe seu comentário