Mensagens

2ª Mensagem da CEC/julho de 2024 A proteção e a provisão do Senhor, nosso Pastor – Salmo 23

Mens_CEC2_jul_24_Pdf (311 downloads) Mens_Cec2_jul_24_WhatsApp/Telegram (193 downloads)
Na sua juventude, Davi era um pastor de ovelhas e compreendia perfeitamente as necessidades e o cuidado que o pastor deveria ter com elas, já que, cada uma delas, era frágil, limitada e totalmente dependente do pastor. Por isso, Davi chamava o Senhor de seu Pastor.
1.     O Senhor, como nosso Pastor, nos completa plenamente, sem a necessidade de buscarmos satisfação em outros lugares. Ele nos preenche, nos satisfaz e podemos descansar, confiantes de que Deus provê todas as nossas necessidades, tanto materiais quanto espirituais (Salmo 1:1; 37:25).
2.     Ele me faz repousar. Para que as ovelhas possam descansar é essencial sentirem completa segurança, sem medos, tensões, irritações, sede ou fome. Tudo isso se resume em “paz”. E para descansar verdadeiramente, precisam experimentar essa paz, oferecida pelo pastor.
3.     O Senhor promete guiar Suas ovelhas por caminhos de retidão, tal como os pastores conduzem suas ovelhas por trajetos seguros, onde não há perigo de se machucarem. O Senhor nos orienta por caminhos seguros através de Sua Palavra.
4.     No vale temos um amigo. Para chegar a pastos verdejantes e águas tranquilas, as ovelhas tinham de passar pelo vale. A presença do Senhor é garantia de proteção diante dos perigos.  A certeza de Sua presença nos momentos mais difíceis de nossa vida nos faz prosseguir sem temor.
5.     Depois do vale o Senhor é o anfitrião que nos recebe com um banquete diante dos inimigos, unção com óleo e um cálice transbordante.

Questão para debate/reflexão:
1.     A vida nem sempre será de pastos verdejantes, porém, o Senhor estará presente em todos os momentos.
2.     Ser ovelha do Pastor do Salmo 23 faz toda a diferença.
3.     Ninguém pode se reconhecer como uma ovelha do Senhor sem ter passado por um processo de conversão espiritual, pois as Escrituras não se referem aos não salvos como ovelhas, e sim como lobos ou bodes (Mt 25.31-33).
4.     Com toda certeza, a bondade e a fidelidade do Senhor, me acompanharão todos os dias da minha vida, e irei morar na casa do Senhor eternamente.

Deixe seu comentário