Mensagens

3ª. Mensagem da CEC / setembro de 2018 O mais importante, a presença de Deus, Êxodo 33.15-17

Mens_CEC3_set_18 (238 downloads) Mens_CEC3_set_18 (150 downloads)

O que impede o ser humano de ser próximo a Deus?
A presença de Deus tem sido almejada e solicitada por todos os cristãos no dia-a-dia de suas vidas, nos negócios, no trabalho, na família, em Sua Obra, etc. Por isso, é difícilimaginar algopior na terra do que um homem perder o senso da presença de Deus.

  1. O pecado, a incredulidade (Hb 11.6), a falta de comunicação com Deus nos faz sair de Sua presença, e essa atitude não é culpa de Deus, mas do próprio homem e por isso devemos lutar por uma busca da manifestação da presença de Deus.
  2. A falta da presença de Deus na vida é marcada pela confusão, falta de orientação, nenhuma palavra da parte de Deus (1 Samuel 28.5-20).
  3. As atitudes que tomamos em nossa vida podem criar ambientes favoráveis para a presença de Deus ou não.

Ø  Observamos esse quadro quando lemos a história de Salomão, e nos perguntamos como um homem, que fora tão abençoado por DEUS, pôde trocar seu bom nome na história, seu reino e o seu lugar em DEUS.

A Bíblia relata vários homens que valorizaram a presença de Deus

  1. Moisés foi categórico: “Se a Tua Presença não for conosco, não nos faça subir deste daqui” Êxodo 33:15.

Ø  Ele estava convencido de que sem a presença de Deus em sua vida, lhe seria inútil se empenhar por qualquer coisa.

  1. A presença de Deus foi tão evidente na vida de Abraão, que até os ímpios que o cercavam reconheciam a diferença que havia entre as suas vidas e a dele: …Deus é contigo em tudo o que fazes (Gênesis 21.22).
  2. Deus disse a Gideão: …O Senhor é contigo, homem valente…Vai nesta tua força e livra Israel… (Juízes 6.12,14). Gideão era covarde, mas Deus desejava provar a ele o que qualquer pessoa pode fazer quando a presença de Deus está com ele.

Ø  Deus estava dizendo a Gedeão que nele havia uma força tão poderosa, que podia salvar Israel. E esta força era a presença de Deus.

Ø  Muitos de nós estamos tão carentes da presença de Deus, valorizamos tanto os milagres que Deus opera através dos outros, o que Deus faz através da vida dos outros, e esquecemos que Deus pode nos usar da mesma forma, como fez com Gideão, se formos incessantes na busca por sua presença.

Será que a presença de Deus só se torna realidade em nossa vida nas reuniões da igreja?

É preocupante o fato do ser humano relegar a outros planos a busca da presença de Deus ou mesmo separar onde a presença de Deus deve estar e fazer parte de sua vida.

Que possamos dizer como Moisés: “Se a Tua Presença não for conosco, não nos faça subir deste daqui”.

O que podemos aplicar destes ensinamentos a nossa vida?

8 comentários

Deixe seu comentário